Do Wordpress para o Posterous para o Wordpress

Tenho dificuldades em escolher plataformas para o meu próprio blog. Bem no começo, usei o Typo3. Funcionalidade fantástica, mas não há quem se entenda com o bixo - só alemão mesmo pra gostar daquilo (o Typo3 é mais popular por aquelas bandas de lá). Depois, migrei para o Drupal. Também bastante rico em funcionalidade, mas o Drupal sempre foi um CMS mais completo, e eu só queria rodar um blog. Acabei montando um blog em dois idiomais, com tradução, sem muita dificuldade num tempo em que isso não era tão comum. Mas a manutenção disso tudo ficou chata demais para o que deveria ser um bloguezinho comum. Depois, fiz minha primeira tentativa com o Wordpress (o .org, não o .com). Funcionalidade simples, bem focada em blog (estou aqui falando de um Wordpress de alguns anos atrás), centenas de plugins - curti. Fiquei com ele por um bom tempo, de lá pra cá já montei alguns sites e blogs com ele, e é até hoje meu favorito. Eis que entrou em cena o Posterous. Simples, facílimo de usar, encanta pela experiência de usuário fantástica. Cheguei a recuperar o ânimo para blogar. E o problema foi justamente esse. Quando comecei a retomar o gosto pela coisa, comecei a querer inventar mais coisas. Tenho várias idéias planejadas para fazer no meu blog pessoal, mas nada disso é possível no Posterous. Apesar de acrescentar funcionalidades numa velocidade impressionante, nada se compara a uma instalação própria de Wordpress em termos de personalização. Outros probleminhas, menores, incomodaram mas não foram decisivos: falta de localização e algumas instabilidade devido a problemas de hospedagem nas últimas semanas. Essas coisas atrapalham bastante blogs corporativos ou com tráfego mais alto, mas não um pequeno blog pessoal como o meu. Então, cá estou eu, de volta ao Wordpress. Para os que recomendei o Posterous no passado, saibam que não mudei de idéia: o Posterous continua sendo uma plataforma belíssima para quem quer  implantar um blog muito rapidamente com baixíssimo esforço, e um ambiente extremamente convidativo para postar. Mas, se você gosta, como se diz em inglês, de "bells and whistles", e gosta de fuçar em ferramentas de software, você vai enjoar dele daqui a pouco. Eu enjoei...